#OPINIÃO

Rompimento de adutoras: a nova 'marca' da CASAN em Florianópolis

Florianópolis segue refém da CASAN e a empresa é que dá as cartas na cidade

Por Redação

17/05/2022 às 08:36:16 - Atualizado há
Rompimento ocorrido na Madre Benvenuta

O que falta mais acontecer em Florianópolis em relação a CASAN? Com todo o respeito, mas com a fleuma esgotada, é inadmissível tantos problemas recorrentes com a empresa permissionária do abastecimento de água e tratamento de esgoto na capital.

Os rompimentos sequenciais de adutoras revelam que há algo além dos nossos olhos no subterrâneo ilhéu. A rede está saturada, obsoleta, fragilizada? É falta manutenção ou de investimentos?

A CASAN não é nada transparente em suas entranhas operacionais e administrativas. Para conseguir qualquer informação relacinada a companhia é necessária uma 'via crucis'.

A Prefeitura de Florianópolis chegou a divulgar a aplicação de multas a companhia no ano passado, mas não houve qualquer manifestação sobre medidas mais contundentes contra a empresa. O rompimento da barragem na Lagoa da Conceição já ficou no esquecimento?

Florianópolis segue refém da CASAN e a empresa é que dá as cartas na cidade.

Floripa teria condições de municipalizar o abastecimento de água e ou o tratamento de esgoto? A complexidade da Ilha certamente é o principal obstáculo, além do alto investimento necessário para viabilizar o projeto.

Em todo Estado há exemplos de cidades que municipalizaram o sistema, algumas bem sucedidas outras nem tanto.O fato é que nossas lideranças precisam refletir sobre o futuro da cidade: até quando iremos continuar tolerando as falhas persistentes da CASAN?











Moacir Oliveira

© 2022 Copyright 2020 - Todos os direitos reservados Portal Norte da Ilha. Proibida a reprodução em jornais ou sites sem a devida autorização.
Portal Norte da Ilha, Florianópolis SC - Tel (WhatsApp) (48) 99969.8831

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Moacir Oliveira