Operação Antipirataria: Procon de Florianópolis apreende produtos falsificados em comércios da Capital

O Portal Norte da Ilha é o Portal de Notícias líder da região

Foto: divulgação

Foto: divulgação

O Procon Municipal de Florianópolis, em conjunto com a Comissão de Direito da Inovação, Propriedade Intelectual e Combate à Pirataria da OAB de Santa Catarina, Conselho Estadual de Combate à Pirata e representantes de marcas de tecnologia, realizou nesta quarta-feira (28), mais uma etapa da Operação Antipirataria em lojas de eletrônicos da capital.


Os agentes, notificaram e apreenderam cerca de mil mercadorias de dois estabelecimentos na região continental, após o recebimento de denúncias de venda de produtos falsificados.

O Diretor do Procon Municipal, Alexandre Farias Luz, afirma que esta é mais uma etapa das ações que estão sendo executadas para coibir o comércio irregular em toda cidade. No qual gera inúmeros prejuízos aos consumidores e fornecedores.


Alexandre ainda diz que as empresas possuem 20 dias para apresentar defesa e o comprovante da legalidade dos produtos, e caso isso não aconteça, as mercadorias poderão ser destruídas.


Entre os artigos apreendidos estão capinhas de celular, copos térmicos, mochilas e bags, baterias para celulares, relógios, fones de ouvido, cabos USB e controles para videogames.


O secretário de Governo, Fábio Botelho, conta que esta operação visa o bem-estar e a segurança do consumidor, logo que produtos falsificados não são próprios para consumo. "Infelizmente essa prática de comércio é a realizada pela maior parte da população por conta de seu preço acessível, mas o que temos que levar em conta é a segurança e o risco que as pessoas sofrem ao utilizarem este tipo de mercadoria".