CASAN obriga moradores do Norte da Ilha a se deslocarem para o Centro para atendimento presencial

O Portal Norte da Ilha é o Portal de Notícias líder da região

Foto: Portal Norte da Ilha

Foto: Portal Norte da Ilha

Na cidade de Florianópolis, especificamente nos bairros Lagoa da Conceição e Ingleses, a Agência da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (CASAN) fechou seus pontos de atendimento, centralizando o serviço em uma única agência no Centro. Essa medida tem gerado grandes transtornos à população, que se depara com uma demanda excessiva e a falta de senhas disponíveis para atendimento.


A situação tem causado indignação e frustração entre os moradores dessas regiões, uma vez que a única agência em funcionamento na cidade não possui capacidade suficiente para atender a todos. Mesmo com o aumento da demanda, não houve um correspondente aumento no número de funcionários, o que compromete o atendimento adequado aos cidadãos.


Muitos moradores do Norte da Ilha , com a leitora Mariene, têm relatado a dificuldade em obter atendimento na agência da CASAN. Ao chegar ao local, são informados de que não há mais senhas disponíveis devido à alta demanda, sendo obrigados a retornar sem resolver suas questões.

"Vim do Norte da Ilha, muitas pessoas estão chegando aqui e voltando, pois a informação é que não tem mais atendimento, devido a alta demanda", disse a leitora.


Em resposta às críticas e à sobrecarga enfrentada pela agência, a CASAN informa que está trabalhando em conjunto com a Prefeitura para estabelecer um novo contrato visando retomar as atividades nos Centros Integrados de Atendimento ao Cidadão (CIACs). Essa medida prevê o aumento do número de postos de atendimento e a implementação de melhorias nos serviços prestados.


Além disso, a CASAN anunciou a ampliação do horário de funcionamento da agência na Rua Saldanha Marinho em três horas, bem como um aumento no efetivo de colaboradores, passando de seis para nove. A empresa também prometeu anunciar nos próximos dias mais ações para solucionar o problema das longas filas e melhorar o atendimento na agência.


A população aguarda com expectativa a implementação dessas medidas, esperando que elas possam resolver os problemas enfrentados no atendimento da CASAN.


É importante ressaltar que o acesso à água potável e saneamento básico são direitos fundamentais da população, e é responsabilidade das autoridades e empresas responsáveis garantir que esses serviços sejam prestados de forma adequada, eficiente e inclusiva, atendendo às necessidades da comunidade.

Acompanhantes Goiania